Resenha- O espelho de João- Ramon de Souza

O espelho de João/ Ramon de Souza. Literatura Infantil. 1ª Ed. Gráfica García, 2017.O Espelho de João” é um livro infantil, voltado a crianças de 10 a 14 anos de idade, e que aborda de forma simplista um assunto que ainda é um tabu para muitos pais: a transexualidade e a identidade de gênero. O protagonista, um jovem menino chamado João, começa a ter problemas em sua rotina ao olhar para o espelho e se ver como uma menina. Embora sofra represálias de seus amigos e de seu próprio pai, o personagem encontra um aliado importante que o ajudará a entender e aceitar sua verdadeira identidade.

Classificação: 












Notas
Capa: 10/10
Conteúdo: 10/10
Diagramação: 10/10
Conceito Geral: 100/100

A descoberta de João
Por Paloma Viricio
Visão Geral
(...) João, um educado menino de doze anos de idade. Sua pele era escurinha como a de um chocolate, e seu cabelo era tão enroladinho quanto um macarrão”, p.8. Amo livros infantis e fiquei muito feliz quando recebi um e-mail do autor Ramon de Souza falando sobre o lançamento desse livro. Não me arrependo em nenhum momento de ter lido essa obra fantástica.

O espelho de João é um livro que conta a história de um menino transexual que ao se olhar no espelho, entra em conflito consigo mesmo por não entender o que sente ao se olhar e ver alguém completamente diferente do que ele é por fora. “Sempre que ele se olhava no espelho, em vez de ver ele mesmo sendo refletido, João enxergava uma bela menina”, p.10. Gostei bastante da premissa do livro. Ramon de Souza, abordou o tema de forma bem delicada usando a escrita para contagiar o mundo lúdico das crianças. Acho obras como O espelho de João super importante para o entendimento dos pequenos sobre o tema que ainda sofre muitas críticas. Não faz muito tempo que a Disney anunciou que iria lançar a primeira animação infantil com beijo gay. Já ouvi várias pessoas de blá, blá, blá por ai. Falaram coisas absurdas e de como o mundo atual estava querendo induzir crianças a virarem o que não eram. Como assim? Gente foi tanto absurdo que nem quero repetir aqui. Acho esses temas super importantes. As crianças precisam saber desses temas sim, para que possam ser adultos mais tolerantes e para que possam entender as próprias diferenças e a dos outros. Quando iremos começar a criar cidadãos mais consciente e não preconceituosos?

Gostei muito da escrita de Ramon e da premissa do livro. A história é super bem construída e não fere a moral e nem a ética de ninguém. Com certeza, seria um dos livros que leria para meus filhos (se tivesse). O João é uma criança inteligente, fofa e sensível. Adorei a mãe dele e faria exatamente o  mesmo que ela fez. Em suma, você deve ler O espelho de João e entender tudo isso que acabei de falar aqui. “Deitado em sua cama, chorando, João não conseguia entender o que ele havia feito de errado para ser tão maltratado por todos. Porque todos tinham medo de vê-lo usando um vestido?”, p15.

Matéria publicada pelo portal de notícias G1, mostra que a falta de socialização dessas crianças/adolescentes transgêneros em ambientes escolares, familiares pode causar graves danos psicológicos. A pesquisa feita pelo Centro Nacional pela Igualdade Transgênero em conjunto com a Força Tarefa Gay e Lésbica Nacional, apontou que 41% das crianças transgêneros entrevistadas por eles já havia tentando cometer suicídio e cerca de 51% já havia sofrido assédio, agressão, bullying ou expulsão da escola. Eu indico o livro para todas as crianças. Não se deixe levar por conceitos tradicionalistas enraizados. Leia para seu filho e através da leitura ensine-o a amar sem preconceito. Amar é ser livre, amar é ser feliz e saber respeitar cada um como é.

Design e diagramação
A capa do livro ficou bem legal. Simples, mas que promete manter o foco no que realmente interessa no caso o João. As ilustrações são simples, mas servem para ativar o imaginário infantil, o que e super importante. Acredito que o livro terá uma nova edição com ilustrações exclusivas. Em conversa com o autor, ele me contou que teremos novidades por ai. Quem sabe eu faça uma nova postagem contando mais futuramente. O que acham? A numeração foi colocada na parte superior das páginas o que achei bem diferente.

Sobre o autor

Ramon de Souza tem 22 anos e é autor de dois livros publicados pela Editora Multifoco: "Rato Urbano" (2011) e "Meus preciosos contos tristes (2017). Também já participou de seis antologias literárias ao longo de sua carreira. Jornalista premiado internacionalmente, acredita que a literatura pode e deve sofrer transformações com o passar do tempo, ganhando uma linguagem mais acessível e abordando temas contemporâneos. Sua marca registrada é a escrita informal, sem firulas, reflexo de sua personalidade caótica e boêmia. Fonte e fotos: Assessoria de imprensa do autor.
Licença Creative Commons
O trabalho A descoberta de João de Paloma Viricio foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.



Obs.: Todos os textos produzidos neste blog são da minha autoria e estão registrados. Se utilizá-los, por favor lembre-se dos créditos. 

19 comentários:

  1. Olá!
    Sensacional esse projeto.
    Temas importantes e que precisam ser discutidos.
    Adorei!
    beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Amei a resenha e sobre o quê se trata o livro. Acho que esse momento da disforia de género quando acontece com a pessoa, ainda mais ela sendo criança, deve sempre ter algo por perto pra estar ali, vemos tantas notícias tristes pelos jornais relacionados a isso e esse livro pode desconstruir alguns preconceitos de senso popular.
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Paloma, tudo bem?
    Gostei da premissa do livro por ser algo diferente do que vemos por aí.
    Mas, pessoalmente, não sei se concordo com o termo "crianças trans", sabe? Tenho que estudar e ler mais teorias sobre o assunto pra ter opinião formada.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  4. OI Paloma, tudo bem??
    Já vi resenhas desse livro mas não tive a oportunidade de ler ainda, já anotei na minha lista! Parece ser incrível mesmo e te faz pensar à respeito de muita coisa, além de te tocar também... Fico feliz de saber que vc não se arrependeu e que é um livro que vc iria ler até para os filhos, realmente ele parece ser maravilhoso!
    Beijos
    www.somosvisiveiseinfinitos.com.br
    Vídeo novo: https://www.youtube.com/watch?v=YnyN6rbpF70

    ResponderExcluir
  5. Olááááááá Paloma
    Que ótima indicação! Não conhecia o autor e nem o livro.
    Muito interessante essa abordagem de maneira lúdica inclusive no universo infantil de maneira que as famílias possam falar sobre o assunto que tem sido um tema atual.
    Sua resenha está maravilhosa e concordo plenamente que é importante discutir o assunto e as diferenças para que os pequenos possam desde cedo aprender a conviver em harmonia e tolerância.
    Parabéns pela sua resenha e parabéns ao autor Ramon!
    Excelente semana pra ti flor
    Bjs Luli

    Café com Leitura na Rede

    ResponderExcluir
  6. Oi, Paloma!
    Já quero esse livro na minha estante. Amei essa premissa. Já li um livro no estilo e gostei muito.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Dois Anos de Família Hallinson
    Sorteio Três Anos do blog A Colecionadora de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Esse livro deve ser sensacional! E concordo, as crianças de hoje devem saber do que se trata, para não virarem um adulto preconceituoso!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Paloma! Tudo bem? Achei o tema da obra bastante interessante. A transsexualidade infelizmente não é tão abordada e bacana ver autores fazendo obras com o tema! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. fiquei bastante curiosa com o livro
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  10. Oi Paloma, tudo bem?
    Não conhecia o livro, adoro livros infantis e achei o tema muito interessante, é muito importante educar as crianças para o mundo, e fico tão feliz quando vejo livros para crianças com temas são importantes como esse, é uma forma diferente de mostrar o mundo e educar que eu gosto muito.
    Adorei sua resenha, espero ter oportunidade de ler esse livro um dia!

    Obrigada pelo carinho. Um super beijo :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  11. Nossa, achei bem interessante o livro....

    http://thebestwordsbr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi Paloma,
    Gente, que capa ♥ ♥ ♥
    Super importante a proposta do autor, se eu tivesse filho ele leria mesmo não tendo dez anos! Ótima dica e sucesso para o autor.

    tenha uma ótima terça :D
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  13. É um assunto em alta , bom até para adultos entenderem como "funciona " a transexualidade!
    Beijos

    Www.unhasclassicasemodernas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Olá,

    Não conhecia o livro, mas a premissa é interessante.
    Gosto muito de livro infantis.
    Dica anotada.

    Bjs
    http://diarioelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. A resenha do desodorante eu já fiz lá no Blog. Em breve conto da toalha e mostro o esmalte nas unhas! ;D

    Não conhecia. Achei bacana o livro abordar esse tema para os mais novos! É desde cedo que temos que falar sobre o assunto. Assim tiramos aos poucos todos os preconceitos bobos que a sociedade tem!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderExcluir
  16. Oi Paloma!! Que obra mais linda! Fiquei com muita vontade de ler, o tema é super atual e preciso e a edição lúdica só colabora. Parece ser um tipo de livro que toda criança deveria ler!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  17. Oooi!!

    Já tinha lido essa resenha antes há um tempo em um blog literário. Parabéns ao autor pelos livros! Muito importante lembrar mesmo acerca do preconceito e como conscientizar as pessoas sobre o mesmo. Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
  18. Que lindo saber que existe um livro assim, que trata de um assunto tão delicado e ainda mais para as crianças, isso as ajuda a entender quem são e com certeza serão adultos melhores e preconceitos. Por mais livros assim! Bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.